Bairro de Letras: Eugénio de Andrade

O Bairro de Letras relembra Eugénio de Andrade. Poeta e escritor português, nasceu em 1923 no Fundão. Em jovem abandonou os estudos de Filosofia para se dedicar à escrita. Foi autor de inúmeras obras poéticas tais como Escrita da Terra (1974), Sala da Língua (1995) e os Lugares do Lume (1998). A sua poesia foi descrita por José Saramago, como uma poesia do corpo a que se chega mediante uma depuração contínua. Quanto à prosa, foi autor de Sombra da Memória (1993), Rosto Precário (1979) e também obras infantis – História da Égua Branca (1977) e Aquela Nuvem e as Outras (1986).

Recebeu inúmeros prémios literários como o Prémio Europeu da Poesia (1996) ou Prémio Camões (2001).

Faleceu a 13 de Junho de 2005 no Porto.