Campo de rugby mais votado no Orçamento Participativo de Lisboa

A proposta de construção de um campo de rugby na Alta de Lisboa, que o PUAL já contemplava, foi a mais votada no Orçamento Participativo da CML. Um agradecimento especial ao Clube de Rugby de São Miguel por ter submetido a proposta e ainda a todos os que apoiaram esta proposta. Os atletas e toda a equipa de coordenação e treino da Escolinha de Rugby da Alta de Lisboa estão muito felizes!

www.publico.pt/Local/campo-de-raguebi-mais-votado-no-orcamento-participativo-de-lisboa_1464552

Mais de 300 Projectos a voto no Orçamento Participativo 2010-2011

Como já referimos no nosso blog, irá decorrer até dia 31 de Outubro um período de votação do Orçamento Participativo 2010-2011, podendo, todos os munícipes de Lisboa interessados, contribuir para o mais importante instrumento de participação dos cidadãos no governo da sua cidade.

Relembramos o facto de constarem da Lista de Voto do Orçamento Participativo 2010  alguns projectos referentes à Alta de Lisboa, como são exemplos: a ligação do Vale da Ameixoeira a Santa Clara e da criação de uma infra-estrutura Polidesportiva Municipal no Lumiar, criação de um campo de rugby municipal, o Policiamento Comunitário na Alta de Lisboa, qualificação dos espaços exteriores da Igreja da Charneca e a colocação de bancos com encosto no Parque Oeste

Existem três formas diferentes para votar:

– Votação on-line através do site do orçamento participativo (http://www.op-portugal.org/), basta registar-se e votar;

– Procurar um Autocarro da OP – autocarros apetrechados de computadores e técnicos, que vão andar pela cidade de Lisboa, possibilitando aos cidadãos o voto on-line;

– Deslocar-se a uma Assembleia de Voto onde encontrará computadores e funcionários aptos a ajudá-lo  em vários espaços municipais, sendo as próximas nos seguintes dias e locais, entre as 10h e as 20h:

2ª Assembleia de Voto: 22 de Outubro

Junta de Freguesia de Santo Estêvão

Morada: Rua dos Remédios, 53, R/C Autocarros: 735, 745 e 759

 3ª Assembleia de Voto : 27 de Outubro

 Junta de Freguesia de Santa Maria de Belém Salão Gago Coutinho

Morada: Largo dos Jerónimos, 3, R/C Autocarros: 28, 714, 729

4ª Assembleia de Voto: 29 de Outubro

Escola Eça de Queiroz

Morada: Rua Cidade de Benguela (aos Olivais) Autocarro: 708

É bastante simples, basta registar-se no site ou votar presencialmente!

 Vamos todos votar nos projectos para a Alta deLisboa!

 

Para qualquer esclarecimento poderá contactar a CML – Direcção Municipal de Serviços Centrais, através dos telefones 21 798 82 20 / 21 798 94 46 / 21 798 95 04 ou consultar o sítio www.cm-lisboa

Orçamento Participativo CML – Vote nos Projectos para a Alta de Lisboa

O Orçamento Participativo (OP) é uma das formas de participação dos cidadãos na gestão da Câmara Municipal de Lisboa, no qual os cidadãos apresentaram propostas concretas até ao dia 30 de Junho de 2010 num valor máximo de 1 milhão de euros. Após análise dos Serviços, para confirmação da elegibilidade das propostas apresentadas e sua adaptação a projecto, haverá uma fase para votação nos projectos que decorrerá de 1 a 31 de Outubro de 2010.

Quem pode participar?
O Orçamento Participativo de Lisboa destina-se apenas aos cidadãos com idade a partir de 18 anos, que se relacionem com o Município de Lisboa, sejam residentes, estudantes ou trabalhadores e também representantes do movimento associativo, do mundo empresarial e das restantes organizações da sociedade civil.

Como se realiza a votação?
A votação nos projectos será feita exclusivamente através da Internet de 1 a 31 de Outubro 2010, através do site: http://www.cm-lisboa.pt/op/?idc=18&idi=39

 

Projectos Alta de Lisboa

1.Construção de uma infra-estrutura desportiva na freguesia do Lumiar (traseiras da J. F. do Lumiar)

Prazo de execução – 10 meses

Local – traseiras da J. F. do Lumiar por baixo do Eixo N/S.

Custo – 350.000 €

2.Criação dum Campo de Rugby Municipal na cidade de Lisboa

Prazo de execução-18 meses

Local-Alto do Lumiar – Parque Urbano Sul

custo-900.000,00 €

3.Policiamento Comunitário “Alta de Lisboa Mais Seguro”

Prazo de execução – 24 meses

Local – Alta de Lisboa

Custo – 246.022 €

4.Qualificação dos espaços Exteriores da Igreja da Charneca.

Prazo de execução – 18 meses

Local – Largo dos Defensores da Republica

Custo-250.000 €

 

5.Ligação Pedonal e Ciclável entre o Parque Oeste e a Estação de Metro da Ameixoeira

Prazo de execução: 18 meses

Local: Ameixoeira

Custo: 1.000.000 €

6.Colocação de bancos com encosto no Parque Oeste

Prazo de execução: 6 meses

Custo: 20.000 €

CML – Orçamento Participativo 2010

A Câmara Municipal de Lisboa deu início à 2ª edição do Orçamento Participativo, depois do sucesso da 1ª edição desta iniciativa, que registou, em 2008, mais de 3400 participações.

O Orçamento Participativo (OP) é uma das formas de participação dos cidadãos na gestão da Câmara Municipal de Lisboa. Através do OP, os cidadãos podem participar apresentando uma proposta para a sua rua, bairro, freguesia, ou cidade em geral, relativo a investimentos, manutenções, programas ou actividades até ao montante de 5 milhões de euros.

O OP visa contribuir para o exercício de uma intervenção informada, activa e responsável dos cidadãos nos processos de governação local, garantindo a participação dos cidadãos na decisão sobre a afectação de recursos às políticas públicas municipais, e possibilitando assim ao executivo municipal corresponder às reais necessidades e aspirações da população de Lisboa.

A participação ocorre online, no site http://www.cm-lisboa.pt/op, nas seguintes fases:

Fase 1 – até 29 de Novembro de 2009
Envio de uma proposta concreta. De seguida os serviços municipais fazem a sua análise técnica e adaptam a projecto.
Fase 2 – 14 a 20 de Dezembro de 2009
Votação de um projecto que inclui o respectivo custo estimado e previsão do prazo de execução.

Não podemos deixar de participar!

Câmara Municipal de Lisboa lança Orçamento Participativo ‘Online’

A Câmara Municipal de Lisboa iniciou no passado dia 8 o processo de Orçamento Participativo Online.

Com o objectivo de dar a palavra aos cidadãos de Lisboa, foi-nos colocado o desafio de participar na decisão sobre o que fazer com esta fatia do Orçamento no valor de 5 milhões de Euros.

Trata-se de uma iniciativa inédita em Lisboa (a nível camarário) e incidindo sobre um valor que convenhamos é muito baixo para as muitas coisas que é preciso fazer e onde os cidadãos poderiam ter uma palavra dizer.

No entanto, devemos reconhecer que é um bom princípio, este de envolver os cidadãos nestas decisões. Esperemos que não se trate de uma iniciativa avulsa e que nos próximos anos a nossa participação possa incidir sobre todo o Orçamento.

Entretanto convidamos todo os nossos sócios e amigos a participarem activamente apresentando sugestões em especial relacionadas com a Alta de Lisboa. A 1ª fase termina sexta-feira dia 24 de Outubro. Participe.