Rugby – Apadrinhar uma criança

O Rugby na Alta de Lisboa é um projeto de cariz social que nasceu em 2009 na Alta de Lisboa (freguesias do Lumiar e Santa Clara) um território com cerca de 32.000 habitantes, muitos dos quais com origem no Plano Especial de Realojamento (PER) de antigos bairros de barracas como são exemplo a Musgueira ou a Quinta Grande.

O Rugby na Alta de Lisboa tem como objectivo inicial a ocupação dos tempos livres e integração social de crianças, através da prática de uma modalidade desportiva diferente, rica pelos valores pessoais e sociais que transmite.

O Rugby é uma modalidade de enorme carácter educativo, por transmitir valores que contribuem para um desenvolvimento pessoal estruturado, como são exemplos a cooperação, espírito de equipa, lealdade, disciplina, auto-estima, desportivismo, atitude e dedicação.

O Rugby na Alta de Lisboa proporciona duas vezes por semana treinos para crianças/jovens, dos 6 aos 14 anos, rapazes e raparigas, distribuídos de acordo com os escalões etários. Os treinos realizam-se no Complexo Desportivo do Alto do Lumiar.

Aos treinos desportivos está ainda associada uma componente pedagógica, colocada em prática numa sala de apoio ao estudo com o objectivo de auxiliar à melhoria do desempenho escolar e a contribuir para o desenvolvimento de competências pessoais e sociais dos atletas.

De modo a financiar este projecto a ARAL lança um Projecto de Apadrinhamento permitindo que qualquer pessoa ou organização possa contribuir.

O Apadrinhamento do Rugby consiste em proporcionar às crianças condições para participarem nesta modalidade e transmitir os valores inerentes à prática: solidariedade, espírito de equipa, respeito e união

As dificuldades com as quais as crianças se defrontam diariamente para poderem aceder a novas oportunidades e modalidades que lhes permita aspirar um desenvolvimento saudável equilibrado e seguro serão suprimidas através das diferentes valências proporcionadas pela contribuição monetária dos padrinhos.

Graças a essa contribuição, a ARAL poderá assegurar a cobertura dos gastos como as mensalidades, a formação, o equipamento (calçado, vestuário),  material escolar para a sala de estudo, o apoio extra-escolar, a promoção da formação humana, consultas médicas que assegurem o desenvolvimento destas crianças, deslocações a torneios, etc. Contribuindo assim para uma melhor integração social destas crianças e jovens no contexto escolar tornando possível um futuro mais risonho

Posso apadrinhar mais do que uma criança?

Sim, não há limites para o número de crianças apadrinhadas.

Para que serve o meu apadrinhamento?

O valor de apadrinhamento consiste no valor da mensalidade para participação nas nossas actividades. Nesse sentido, as mensalidades servem para suportar o funcionamento do projecto: formadores, treinadores, sala de apoio ao estudo, equipamentos, apoio psicológico, deslocações, etc

Com quanto é que o padrinho contribui?

Contribui com 20 euros mensais.

Existem várias formas de pagamento?

Sim, pode contribuir mensal, trimestral, semestral ou anualmente.

Não consigo sozinho/a suportar o apadrinhamento, o que posso fazer?

Pode apadrinhar uma criança com o valor que estiver ao seu alcance. Pode igualmente organizar um grupo (amigos, familiares, colegas, etc) e o contributo de todos resultar no apadrinhamento de uma criança

Quanto tempo dura o apadrinhamento?

Para que seja sustentável convidamos os padrinhos a um compromisso de 1 ano. No entanto pode contactar-nos para estudar outros períodos.

Quero ajudar mas não posso assumir um compromisso como este, existem alternativas?

Sim, pode fazer um donativo pontual sempre que quiser. Todos os contributos são bem-vindos!

Convidamos desde já a contribuir para que as crianças tenham esta oportunidade.

Todas as contribuições são bem-vindas, seja o apadrinhamento total de uma criança ou um contributo mais pequeno.

Os dados de  NIB/IBAN da ARAL são os seguintes:

Associação de Residentes do Alto do Lumiar

BPI – IBAN – 0010 0000 38335490001 70

Para qualquer outra questão não hesite em contactar-nos.

Rugby – Inscrições abertas

Os treinos do Rugby arrancam hoje!

Os treinos iniciam-se hoje no Complexo Desportivo do Alto do Lumiar para os atletas sub-12 aos sub-18 das 18h às 19h!!

Os atletas sub-8 e sub-10 iniciam na quarta-feira das 17h às 18h!

Venham treinar connosco!!!

 

rugby

CLIP – Recursos e Desenvolvimento já foi inaugurado!

No passado dia 6 de Novembro, o CLIP foi oficialmente inaugurado, na presença de cerca de 70 pessoas, fazendo-se representar várias empresas, organizações da sociedade civil e entidades públicas com intervenção na Alta de Lisboa ou que já participaram em actividades desenvolvidas pelo CLIP durante o ano de 2012. Aqui pode ver mais informação acerca do CLIP – Recursos e Desenvolvimento.

A inauguração foi breve e descontraída, tendo sido animada por um diálogo entre um representante de uma organização da sociedade civil (Jorge Cancela da AVAAL), um representante de uma associação de empresas (Sebastião Gaiolas do GRACE) e um representante de uma entidade pública (Arq. Cristina Coelho da CML/UIT Norte), todos eles envolvidos no projecto do CLIP, mostrando desta forma a importância e os benefícios da participação de cada uma destas entidades no CLIP.

Em forma de síntese e de incentivo à ação, falou-se sobre a importância da participação e da sociedade civil na construção de novas formas de trabalhar o desenvolvimento local, na voz da Prof. Isabel Vieira da Universidade Católica Portuguesa.

Houve ainda tempo para visitar a exposição do trabalho desenvolvido ate então, bem como provar algumas das especialidades da mesa do buffet que era composta por iguarias feitas por vários parceiros locais, nomeadamente duas moradoras da Alta de Lisboa – Doces da Mena e Irene.Come.

Este dia marca assim o passo de um projeto que nasce da partilha para vir a ser partilhado!

Estacionamento de bicicletas

No âmbito do seu projecto Bike Sharing, A ARAL pediu a instalação de um estacionamento de bicicletas, junto à sua sede e propôs ainda uma série de locais onde faria sentido a instalação destes equipamentos. Aqui fica o pedido:

Exmo. Senhor Vereador José Sá Fernandes,
 
A ARAL – Associação de Residentes do Alto do Lumiar está a desenvolver um projecto de Bike Sharing, disponibilizando bicicletas para uso partilhado de sócios e moradores, o que permitirá facilitar deslocações entre os vários bairros que a Alta de Lisboa abrange e para outras zonas da cidade de Lisboa.
 
Neste sentido, e tendo conhecimento de que a CML pretende apostar nesta forma de mobilidade, gostaríamos de solicitar a V. Exa. apoio para a instalação de um posto de estacionamento de bicicletas junto à nossa sede na Rua Luís Piçarra, que nos facilitaria o funcionamento do projecto de Bike Sharing em segurança e permitiria incentivar os moradores à utilização da bicicleta para as suas deslocações, transmitindo assim a estes a mensagem de que a utilização deste meio é bem vinda e desejável.
 
Caso a nossa proposta seja aceite deixamos um anexo com imagem e características do tipo de suporte considerado mais adequado, pela Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores de Bicicleta, e uma foto do local onde desejávamos que fosse instalado.
 
Sugerimos ainda a instalação, nesta fase, de postos de estacionamento junto das seguintes instituições ou nos seguintes locais: Escola Pintor Almada Negreiros, Escola D. José 1, Escola 34, Escola 91 e Complexos Desportivo do Alto do Lumiar, Pista Atletismo Prof. Moniz Pereira, saídas das estações de metro da Ameixoeira, Quinta das Conchas e Lumiar.
 
Estamos disponíveis para qualquer esclarecimento adicional e agradecemos desde já a atenção disponibilizada.
 
 
Com os melhores cumprimentos,
José Almeida

 

Há muitas Memórias com Vida para partilhar na Alta de Lisboa

Todos os dias ouvimos histórias antigas através dos mais velhos, como era festejada a passagem de ano no seu antigo bairro, como era passado o Natal e outras épocas festivas. Ouvimos frequentemente “Lá no meu bairro fazíamos…. “ e você o que fazia no seu antigo bairro? Quantas vezes já contou as suas histórias mais especiais passadas no bairro aos seus vizinhos, filhos ou netos?

São estas histórias recordadas pelos moradores que fazem parte daquilo que hoje são as pessoas do bairro e a comunidade em que vivem. Fazem parte da história passada, mas influenciam aquilo que é vivido hoje. É importante partilharmos estas histórias tão ricas, para que elas não se percam e passem de geração em geração.

Não queremos que a história se perca, mas queremos sim, criar um fio do tempo rico em recordações e factos que construíram e continuam a construir, dia-a-dia, a nossa história e a de todos aqueles com quem vivemos. É esta noção de partilha que faz crescer um verdadeiro sentimento de pertença ao bairro.

O site Memórias com Vida tem vindo a reunir estas histórias e registos fotográficos. Podem visitá-lo em http://www.memoriascomvida.org. Mas queremos mais, mais fotografias, mais histórias, mais partilhas de datas importantes, aniversários, figuras carismáticas…

Envie-nos essas recordações, partilhe as mesmas connosco através do email memoriascomvida@gmail.com, ou na sede da Associação de Residentes do Alto do Lumiar, na Rua Luís Piçarra 5A-B.

Estamos ansiosos por saber que histórias têm para nos contar!