A Alta de Lisboa tem moradores de 1ª e de 2ª (segundo a Direcção Municipal de Higiene Urbana da C.M.L.)

Supostamente um bairro representa uma parte delimitada de uma localidade, com ligações sociais particulares e dinâmicas próprias. Independente das diferentes características de cada bairro há um factor que o torna único: a sua identidade e o sentimento de pertença de quem lá vive.

Uma das particularidades mais  enriquecedoras de um bairro é a sua diversidade e o respeito como todos vivem em conjunto (independentemente das diferenças dos vários membros da comunidade). Um ponto que não pode ser nunca tolerado ou aceite é que numa mesma comunidade haja tratamentos diferenciados os discriminadores, mais grave é a situação quando é a própria autarquia que os promove.

Refiro-me concretamente ao que a Direcção Municipal de Higiene Urbana(DMHU) da Câmara Municipal de Lisboa chama de “instalação de ecoilhas ” em determinadas zonas da Alta de Lisboa. O que são as “ecoilhas” o que isso significa e onde vão ser instaladas? Simples, deixa de haver recolha de lixo nos edifícios para passarem a haver contentores (as tais ecoilhas) onde os moradores tem de se deslocar para deixar os seus resíduos, tal só vai acontecer nos edifícios de realojamento (PER 9 e 12), em todos os outros edifícios tudo continua tal como está.

O impacto e repercussões desta medida vão muito além do uso indevido ou não das casas do lixo,  comportamentos errados combatem-se com medidas de sensibilização e educação dos moradores. Medidas irresponsáveis como esta geram indignação, revolta e perpetuam a estigmatização que determinadas franjas da população sentem todos os dias. A C.M.L. através da Direcção Municipal de Higiene Urbana em vez de combater , dá força a este sentimento.

Curiosamente esta medida foi implementada no maior secretismo,  a Gebalis, a Junta de Freguesia do Lumiar, o Grupo Comunitário da Alta de Lisboa foram informados destas alterações na véspera da sua implementação, quanto aos moradores depararam-se com um dado adquirido (como acontece tantas e tantas vezes), no dia 28 de Julho tinham recolha de lixo à porta de casa, no dia 29 tiveram que deixar o lixo nas tais “ecoilhas”.

Como morador da Alta de Lisboa e dirigente associativo não posso aceitar que haja cidadãos de 1ª e outros de 2ª no bairro onde habito. Esta é uma situação inaceitável que tem de ser revertida no mais curto espaço de tempo.

João Tito Basto – Vice-Presidente
ARAL – Associação de Residentes do Alto do Lumiar

Alta de Lisboa_Alam Musica

One thought on “A Alta de Lisboa tem moradores de 1ª e de 2ª (segundo a Direcção Municipal de Higiene Urbana da C.M.L.)

  1. Mas os chulos da junta de freguesia do lumiar e C.M.LISBOA ESTAO ENCHER O CU A CONTA DOS OTARIOS COM O NEGÓCIO DA RECOLHA DO LIXO,AMBCVL – Associação Moradores Bº Cruz Vermelha Lumiar,DE NAO FAZER NADA ATE AGORA SOBE ESSA SITUAÇAO.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s