Gala de Entrega de Prémios Campo de Férias Verão 2015

Realizou-se no sábado passado, dia 10 de Outubro, a Gala de Entrega de Prémios do Campo de Férias de Verão 2015, com o objetivo de enaltecer o desempenho dos nossos participantes.

Entre vencedores e vencidos, o mais importante foi estarem presentes os participantes, respetivos familiares, Animadores, Voluntários e pessoas e instituições que apoiaram esta atividade, num total de mais de 100 pessoas! A cerimónia, apresentada pelos Irmãos R (Hélio e Jerson Pina), ex-participantes dos nossos Campos de Férias, aconteceu na Escola Padre Rocha e Melo (Escola 34), à qual aproveitamos, mais uma vez, para agradecer.

Foi um serão bastante animado, onde os participantes tiveram ainda a oportunidade de ensinar algumas dinâmicas que fizeram nos campos de férias aos seus familiares . No final, todos puderam assistir a um breve filme que demonstrou e recordou, deixando algumas lágrimas no canto do olho, os momentos vividos em Figueiró dos Vinhos em Agosto.

E como não poderia deixar de ser, terminamos a nossa Gala a dançar e a cantar “Somos todos família!”.

DSC_0087DSC_0085DSC_0169  DSC_0117 DSC_0148 DSC_0146 DSC_0165 DSC_0193 DSC_0218

Exames médicos 2015-2016 na ARAL

Com o início da época desportiva, tínhamos a necessidade de realizar exames médicos aos nossos atletas com o intuito de verificar se estavam operacionais para desenvolver atividade desportiva!

Através da Junta de Freguesia do Lumiar tivemos presentes dois médicos de nacionalidade colombiana, muito simpáticos e disponíveis para todas as dúvidas dos nossos atletas.

Foi uma tarde muito produtiva pois tivemos cerca de 40 crianças a serem examinadas.

Estão todos aptos para a prática de Basquetebol e Rugby ao nível federado!

Gostaríamos de agradecer em primeiro lugar à Junta de Freguesia do Lumiar a possibilidade de termos os exames médicos na nossa sede, a todos os estagiários da Escola Secundária do Lumiar, aos nossos treinadores, a todos os pais que fizeram questão de estar presentes e principalmente aos nossos atletas!

Estamos a crescer de dia para dia!!!IMG_20151009_200322 IMG_20151009_200241 IMG_20151009_200257

Campo de Férias de Verão 2015 | 8 a 16 de Agosto em Figueiró dos Vinhos

Como diz o velho ditado mais vale tarde que nunca, por isso escrevemos hoje sobre o nosso Campo de Férias de Verão 2015, realizado  de 8 a 16 de Agosto em Figueiró dos Vinhos.

Este não foi apenas mais um campo de férias, foi um campo de férias que elevou o nosso trabalho ao máximo, indo realmente ao encontro das necessidades dos residentes da Alta de Lisbboa, conseguindo-se dar esta resposta a 80 crianças e jovens. Duplicamos o número de participantes e de técnicos, arredondamos o número para 100 pessoas e conseguimos finalmente não deixar ninguém em terra!

Foi uma semana inesquecível para todos aqueles que a viveram tão intensamente, juntos 24 horas por dia a disfrutar de uma vila típica que nos proporciona experiências unicas… Cantámos e dançamos até não haver mais voz nem energia, jogamos e brincamos sem limites de tempo, exploramos a natureza ao fazer escalada e a dar mergulhos no rio, fizemos equilibrio na slackline e pontaria no tiro com arco, fizemos festas… muitas festas com o pôr do sol de fundo e muita cor, apenas com música de manhã, de tarde ou de noite ou com roupas e acessórios que brilharam no escuro!

Foi uma semana de experiências, de oportunidades, de criar novas e fortalecer velhas amizades, de dormirmos todos juntos e aprendermos regras de convivência, de levarmos mimos uns dos outros e acima de tudo de muita animação, diversão e aprendizagem! Mais uma para juntar às tantas memórias que a ARAL e estas crianças e jovens já têm juntos!

Aproveitamos para agradecer à Câmara Municipal de Lisboa que apoia este projeto, bem como aos parceiros: Junta de Freguesia do Lumiar, Clube Desportivo do Reguengo, Agrupamento de Escolas de Figueiró dos Vinhos e Câmara Municipal de Figueiró dos Vinhos, Alta Cristã, Engomadoria Poupa Tempo e Sócios da ARAL. Todos, cada um da sua forma, tornaram esta atividade possível… o nosso muito obrigada!

Visite a nossa página de facebook https://www.facebook.com/camposferiasaral

Ficam agora algumas fotos…

grupoooDSC_0708DSC_0012 (2)DSC_0121 (2)DSC_0156DSC_0387DSC_0451DSC_0669
DSC_0781
IMG_1818

Associações lançam Plataforma em defesa da EB2+3 Alto do Lumiar

A criação da Plataforma é uma iniciativa conjunta da Associação de Pais e Encarregados de Educação do Agrupamento de Escolas do Alto do Lumiar e Associação de Residentes do Alto do Lumiar

Plataforma pela Escola 2+3 do Alto do Lumiar

Exma Senhora Presidente da Assembleia da República

Exmo Senhor Ministro da Educação e Ciência.

Nos últimos tempos, a deterioração progressiva do parque escolar da Escola 2+3 do Alto do Lumiar tem criado muita apreensão em toda a comunidade (pais, crianças, professores, funcionários, moradores e instituições locais), dado que as condições de funcionamento das aulas não garantem a segurança mínima exigida num estabelecimento de ensino. As crianças, aproximadamente 553 alunos que frequentam a  ESCOLA 2+3 do ALTO DO LUMIAR, enfrentam todos os dias situações que, além de perigosas, não dignificam a comunidade nem a sociedade em geral. De destacar:

  1. Janelas partidas e telhados danificados, chovendo dentro das salas de aula;
  2. Pavimento degradado com tacos de madeira soltos;
  3. Quadros de “ardósia” encostados à parede por falta de parafusos, constituindo um perigo para os estudantes;
  4. Sistema eléctrico inteiramente degradado (fios descarnados, candeeiros suspensos por fios, infiltrações no sistema), representando um elevado perigo para as crianças e jovens que frequentam a Escola;

Salienta-se ainda a inexistência de um espaço fechado para a prática desportiva (ginásio ou pavilhão) o que obriga os alunos a frequentarem aulas em recinto escolar descoberto, quaisquer que sejam as condições meteorológicas (salienta-se, mesmo em condições meteorológicas adversas). Também a impossibilidade de abertura da Unidade de Multideficiência (sala UAM) de 2ºCiclo obriga a que os alunos portadores de deficiência tenham de deslocar-se para a na EB1/JI Padre José Manuel Rocha e Melo (ex.EB1 nº34), em função das condições de acessibilidade.

Ainda que pareça dispensável, por tudo o que já ficou exposto, trazer à colação a influência negativa da deterioração das estruturas físicas na efectiva realização de novas dinâmicas de ensinar e aprender, ela é uma triste realidade, cuja reversão da situação não pode permanecer apenas um objectivo desejável. Assim, exorta-se V. Exas que sejam agentes activos desta mudança.

Importa ainda destacar que a ESCOLA 2+3 do ALTO DO LUMIAR não dispõe de qualquer tipo de auditório, e que a sua construção da Escola serviria não só a comunidade educativa como seria de grande mais-valia para toda a população da Freguesia. A inexistência de um auditório contraria a lógica de acção da Escola contemporânea, que se quer mais aberta à comunidade e ao desenvolvimento de novas valências internas.

Tudo isto consubstancia um cenário de grande preocupação, que nega às crianças e jovens as condições de aprendizagem e formação a que têm direito numa sociedade democrática e que lhes devem ser garantidas pela escola pública, nos termos da Constituição da República.

Tendo em consideração a existência de 350 milhões de euros para reequipamento escolar, à reabilitação e requalificação de cerca de 130 escolas, vimos por este meio exortar V. Exas para a necessidade que a ESCOLA 2+3 do ALTO DO LUMIAR, seja objecto de uma intervenção, com a maior urgência, a fim de que os alunos e restantes intervenientes tenham condições para aprenderem, ensinarem e prestarem os serviços necessários, segundo a função de cada um