Rugby na Alta de Lisboa: Apresentação do Workshop S.O.S. Estudo

No âmbito do projeto Rugby na Alta de Lisboa a ARAL está a dinamizar o Workshop S.O.S. Estudo dirigido a estudantes a partir do 2º ciclo de escolaridade. Através do jogo “Saber para vencer”, pretendemos estimular a participação ativa das crianças e jovens no envolvimento da aprendizagem de estratégias de estudo.

Image

Este Workshop inovador tem como base o livro “Ajudem-me a estudar” de Bárbara Mourão e Diana Almeida, mais especificamente o jogo “SABER PARA VENCER”. A ideia surge na reta final do ano letivo e pretende dar resposta a dois grandes objetivos que passam por desenvolver estratégias de estudo e promover o sucesso escolar. É divertido, porque introduz aspetos lúdicos, é estimulante , porque incentiva os participantes a darem o melhor de si, e é desafiante, porque há etapas a superar.

A coordenação desta atividade é feita pelo psicólogo estagiário Semião Contente.

O que é? Como contribui para o sucesso escolar? Como pode ser desenvolvida?

  • -Motivação para estudar
  • -Gestão e organização
  • -Condições ambientais durante o estudo
  • -Tirar apontamentos nas aulas
  • -Análise de textos escritos: identificar ideias principais sublinhar e resumir
  • -Resolução de exercícios de matemática
  • -Preparação para os testes
  • -Realização de testes

 

Nos próximos sábados de manhã vem trabalhar de uma forma subtil e divertida!

(este workshop é aberto a toda a comunidade)

Rugby na Alta de Lisboa: Workshop S.O.S. Estudo

No Rugby na Alta de Lisboa o nosso trabalho é transversal e não se resume à vertente desportiva, prestamos um apoio escolar individualizado através da nossa Sala de Apoio ao Estudo. Pretendemos que este seja um espaço divertido e dinâmico que retire a conotação pesada que os nossos atletas têm da escola e do estudo.

Image

No passado Sábado dia 26 de abril, decorreu o nosso primeiro Workshop S.O.S. Estudo, onde os participantes através do jogo “SABER PARA VENCER”, superaram o 1º desafio (QUERER É PODER)!!!

Image

De forma divertida….

Cada participante assumiu um compromisso!

Assinaram o contracto, aceitando o desafio e fizeram a autoavaliação das suas estratégias de estudo.
Escreveram nos balões, 1 objetivo e 3 estratégias para o alcançar.

Image

Executaram 4 tarefas…

Image
 O vencedor do 1º desafio foi o Diogo Soares Carreira

O Rugby é mesmo uma escola de vida!

Hoje foi dia de comemorar o 25 de Abril no Agrupamento de Escolas do Alto do Lumiar

Para comemorar os 40 anos do 25 de Abril de 1974, o Agrupamento de Escolas do Alto do Lumiar em conjunto com os parceiros locais (é aqui que nos incluímos!) realizou uma atividade de comemoração desta tão importante data. Os alunos da Escola 2+3 do Alto do Lumiar saíram à rua recriando o ambiente que se viveu na altura, possível pelo trabalho realizados em sala de aula com os respetivos Professores.

Nem a chuva desmobilizou ou desmotivou os alunos que mostravam mensagens que aludiam à época, cantavam com voz bem alta e distribuíam muitos cravos vermelhos. Nem o Zé Povinho (ator) faltou para animar os alunos mais tímidos e incentivar à liberdade!

O percurso passou pelas Escolas do 1º Ciclo Dr. Nuno Cordeiro Ferreira e Padre Rocha e Melo , onde se trocaram mensagens e muitos cravos vermelhos entre toda a comunidade escolar. Com enorme satisfação expressa nos olhos, Professores, auxiliares e alunos gritaram por Portugal com o auxílio dos estrondosos bombos, não deixando ninguém indiferente.

Não menos importante que esta saída à rua que juntou centenas de alunos e pessoas da comunidade foi todo o trabalho feito previamente, no qual os alunos se emprenharam para produzir cartazes, fazer cravos e acima de tudo recolher histórias de pessoas que passaram o 25 de Abril de 1974 e lhes explicaram as diferenças, na primeira pessoa, no antes e depois desta data.

Foi uma manhã repleta de muita história que a ninguém deixou indiferente…

Este slideshow necessita de JavaScript.

Ciclo 25 de Abril, 40 anos, 40 autores

Hoje é Dia Mundial do Livro, sexta é dia 25 de Abril e dia 29 convidamos escritores portugueses para o primeiro evento de um Ciclo designado por 25 de Abril, 40 anos, 40 autores. Este Ciclo, promovido pela ARAL e pela Junta de Freguesia do Lumiar, organizará vários encontros de autores ao longo do ano aos quais lançamos o desafio de discutir temas influentes para a escrita em Portugal e para os quais o 25 de Abril teve, ou não, um papel importante.

O primeiro evento deste Ciclo acontece no dia 29 de Abril, terça, no Colégio S. Tomás (Avenida Maria Helena Vieira da Silva, Lumiar) entre as 18h e as 19h30 com o tema “Como seria escrever hoje, sem o 25 de Abril?”. Temos já confirmados os nomes de Manuel Alegre e Filomena Marona Beja como convidados e divulgaremos, nos próximos dias, os restantes autores que completarão o painel.

Convidamos todos para estarem presentes nesta iniciativa em torno das comemorações do 25 de Abril!

Imagem

Rugby na Alta de Lisboa: OPEN DAY na Charneca

Através do Rugby na Alta de Lisboa a ARAL procura dar resposta à ocupação das crianças e jovens do território. Nesta senda temos vindo a desenvolver atividades diferentes durante as férias da páscoa criando assim oportunidades saudáveis e divertidas. A primeira semana de férias foi marcada pelas atividades conjuntas entre ARAL, Santa Casa do Bairro Padre Cruz e Putos Traquinas. Os open days de Rugby estão a ocupar grande parte da segunda semana, a última das férias escolares!

Image

Na tarde de dia 15 (3ª Feira) rumámos ao Campo das Amoreiras, na Charneca, para três horas de muita diversão. Com o intuito de dar a conhecer a modalidade e alargar a área de intervenção do projeto treinadores e jogadores não se cansaram de jogar e encantar no verde relvado situado na Freguesia de Santa Clara.

DSC_0196

DSC_0225DSC_0265DSC_0281DSC_0251DSC_0291

Na 5ª feira, dia 17, estaremos presentes no Campo de Jogos do PER 11 (Rua João Amaral). Estas atividade assemelham-se às acções que temos vindo a desenvolver semanalmente no Parque Oeste.

Petição pública: Escola 2+3 do Alto do Lumiar | A sua assinatura faz a diferença

As condições degradantes e de falta de segurança em que os alunos da Escola 2+3 do Alto do Lumiar vivem o seu dia-a-dia de aprendizagem já não são uma novidade para a comunidade, neste sentido o Grupo Comunitário da Alta de Lisboa (GCAL) organizou uma petição pública para mostrar o seu desagrado com as mesmas e contribuir de alguma forma para a sua melhoria, levando este assunto a discussão na Assembleia da República.

Apelamos a todos a visitar o link a baixo onde se encontra a petição on-line, a assinar e a divulgar a mesma de forma a conseguir o maior número de assinaturas, tornando-a ainda mais forte. Uma assinatura faz a diferença, vamos todos ajudar!

(http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT73265)

Badjo pa Dianti em novos palcos

Os Badjo pa Dianti tiveram este fim-de-semana uma nova experiência de palco: a participação como bailarinos da cantora Myriiam no Festival I Love Kizomba 2014 no Campo Pequeno.

Esta participação constitui mais um passo de uma trabalho que tem vindo a crescer e que demonstra o impacto que tem tido no crescimento destas crianças como artistas. A dança é já parte das metas pessoais e profissionais destas crianças e a motivação é bastante.

Acreditamos que mais palcos virão e desejamos poder continuar a ajudá-lo, sempre que possível, a dar saltos cada vez mais altos.

Parabéns Badjo pa Dianti, parabéns Nuno Varela!

Imagem

Imagem

Imagem

Rugby na Alta de Lisboa: Convívio no Bº Padre Cruz

O Rugby na Alta de Lisboa está empenhado em dinamizar atividades conjuntas com o novo projeto de Rugby do Bairro Padre Cruz!

Na passada 5ª feira escolhemos uma comitiva da ARAL para ir até ao campo do CAC situado na freguesia de Carnide. Neste encontro em três escolas de rugby (Alta, Boavista e BPC) jogámos “Tag Rugby” (rugby sem contacto) com os mais novos e Rugby formal com os mais velhos. Ao longo de uma tarde foi possível aumentar os níveis técnicos e táticos de todo o grupo. 

ImageImage

Esta partilha experiências, conhecimentos e ideias é a nossa forma de trabalhar e evoluir.

Em breve termos novas atividades conjuntas com estas e outras escolas de rugby, fiquem atentos!

Image

Rugby na Alta de Lisboa: Treino com o Bº Padre Cruz

Esta semana está a ser marcada por atividades conjuntas do Rugby na Alta de Lisboa e um novo projeto de Rugby no Bairro Padre Cruz!

Na passada 3ª feira foi a vez de recebermos os recém-chegados à modalidade no nosso complexo desportivo, hoje (5ª feira) iremo-nos deslocar ao campo do CAC situado na freguesia de Carnide.

A ARAL tem na sua génese o apoio a novas atividades pelo que estamos a trabalhar diretamente com a Santa Casa da Misericórdia do Bairro Padre Cruz no desenvolvimento deste novo projeto. Temos partilhado experiências e ideias!

ImageImageImage

Zumba no Espaço MuDança

O Espaço MuDança acolhe uma nova actividade que vai trazer mais ritmo à Alta de Lisboa: aulas de Zumba. 

Estas aulas arrancam este sábado com uma aula experimental gratuita. Depois poderá inscrever-se para as aulas regulares que acontecem duas vezes por semana, terças e sábados.

Não perca esta oportunidade!

Imagem

 

Rugby na Alta de Lisboa: Ana e Sueel na Seleção Regional

O Rugby na Alta de Lisboa esteve representado no Estágio Regional de preparação para o Rugby Youth Festival 2014.

1966742_10152051145773935_682711958_n

Os atletas Ana Ganchinho e Sueel Cardoso começaram a preparação para o Rugby Youth Festival 2014 com a presença num estágio de preparação. Neste estágio estiveram presentes atletas de todos os clubes da região sul, sob alçada do Diretor Regional do Sul. Com um balanço muito positivo as expetativas estão elevadas para os próximos passos já que tanto a Ana como o Sueel foram convocados para pertencerem à equipa da Associação de Rugby do Sul.

215353_10151436646068935_1724644178_n

Assim, no próximo fim-de-semana terão a oportunidade única de jogar num torneio altamente competitivo e desenvolver capacidades técnicas, tácticas, físicas e sociais. O festival decorrerá dia 12 e 13 de Abril no Estádio Universitário de Lisboa e já são conhecidos os adversários da ARS durante a fase de grupos: Sobredense, Cascais, Bennet e Montemor. Destaque para a equipa de Bennet School Rugby Team, uma das muitas equipas inglesas vindas propositadamente a Lisboa para participar no torneio. Os jogos prometem dar que falar!

DSC_2960

sueel

É importante referir que estas convocatórias vêm na sequência da época boa desportiva feita pelos nossos dois atletas, que revelaram empenho e dedicação dentro e fora do campo.

Todas as informações podem ser consultadas na página oficial do torneio:https://www.facebook.com/PortugalRugbyYouthFestival

Parabéns e boa sorte aos dois!

JUNTOS FAZEMOS A (m)ALTA!

Dia Internacional do Livro Infantil

Hoje assinala-se o Dia Internacional do Livro Infantil, coincidindo com o dia de aniversário do escritor dinamarquês Hans Christian Andersen, autor de “O Soldadinho de Chumbo”, “O Patinho Feio” e a “Pequena Sereia”.

A ARAL sugere que neste dia (mas também em todo os outros!) seja dada às crianças a oportunidade de tocar num livro, de o sentir e saber o que representa, permitir que descubra o prazer da leitura….. e já agora leia, descubra, explore com eles!

A mensagem do IBBY internacional é este ano da responsabilidade da Irlanda.

CARTA ÀS CRIANÇAS DE TODO O MUNDO

Os leitores perguntam muitas vezes aos escritores como é que escrevem as suas histórias – de onde vêm as ideias? Da minha imaginação, responde o escritor. Ah, sim, dizem os leitores. Mas onde fica a imaginação, de que é que ela é feita, e será que todos temos uma?

Bem, diz o escritor, fica na minha cabeça, claro, e é feita de imagens e palavras e memórias e vestígios de outras histórias e palavras e fragmentos de coisas e melodias e pensamentos e rostos e monstros e formas e palavras e movimentos e palavras e ondas e arabescos e paisagens e palavras e perfumes e sentimentos e cores e ritmos e pequenos cliques e flashes e sabores e explosões de energia e enigmas e brisas e palavras. E fica tudo a girar lá dentro e a cantar e a parecer um caleidoscópio e a flutuar e a pousar e a pensar e a arranhar a cabeça.

Claro que todos temos uma imaginação: se assim não fosse, não seríamos capazes de sonhar. Contudo, nem todas as imaginações são feitas das mesmas coisas. A imaginação dos cozinheiros tem sobretudo paladares, e a dos artistas mais cores e formas. Mas a imaginação dos escritores está cheia de palavras.

E nos leitores e ouvintes das histórias, as imaginações fazem-se com palavras também. A imaginação do escritor trabalha e gira e molda ideias e sons e vozes e personagens e acontecimentos numa história, e a história é apenas feita de palavras, batalhões de rabiscos que marcham ao longo das páginas. E depois chega o leitor e os rabiscos ganham vida. Ficam na página, parecem ainda rabiscos, mas também brincam na imaginação do leitor, e o leitor começa igualmente a desenhar e a rodar as palavras de modo a que a história se crie agora na sua cabeça, tal como tinha acontecido na cabeça do escritor.

É por isso que o leitor é tão importante para a história como o escritor. Há apenas um escritor para cada história, mas há centenas ou milhares ou mesmo milhões de leitores, na própria língua do escritor ou traduzida para muitas línguas. Sem o escritor, a história nunca teria nascido; mas sem os milhares de leitores em todo o mundo, a história não viveria todas as vidas que pode viver.

Cada leitor de uma história tem alguma coisa em comum com os outros leitores da mesma história. Separadamente, mas também em conjunto, eles recriam a história do escritor com a sua própria imaginação: um ato ao mesmo tempo privado e público, individual e coletivo, íntimo e internacional. Isto deve ser o aquilo que o ser humano faz melhor.

Continua a ler!

Siobhán Parkinson

Autora, editora, tradutora e distinguida com o Laureate na nÓg (Children’s Laureate of Ireland).

Tradução: Maria Carlos Loureiro

 

livro infantil 2

Rastreio Gratuito 12 e 13 de Abril

O Laboratório Fernanda Galo, entidade parceira do Cartão de Residente da Alta de Lisboa, vai realizar nos dias 12 e 13 de Abril, das 10h ás 17h, um Rastreio Gratuito – Colesterol, Glicémia, IMC, Avaliação e Aconselhamento Nutricional, Pressão Arterial e Monóxido de Carbono. 
 
Para mais informações contacte o Laboratório Fernanda Galo na Rua Helena Vaz da Silva nº 34 B ou pelo telefone 218222878 / 964737679
 
Imagem